Tipos de rolamentos

Semelhante a roda, os rolamentos são literalmente componentes que possibilitam a rolagem de partes, peças, e outros equipamentos. Servem para reduzir o atrito entre suas superfícies, ajudam a ação rotativa, transmitem forças, transferem movimento, e etc.. São compostos basicamente por três partes:

  • anel interno¹ com pista externa
  • anel externo² com pista interna
  • elementos rolantes³, que podem ser esferas, rolos cônicos, rolos cilíndricos, rolos esféricos, agulhas e etc.

São os elementos rolantes³ que preenchem o espaço entre as pistas interna¹ e externa², e podem ter ou não uma gaiola guia, utilizada para fixar e manter a posição e o distanciamento entre os elementos rolantes³. Por sua vez esta gaiola guia pode ter em sua construção diversos tipos de materiais: latão, bronze, poliamida, e etc..

Cada tipo de aplicação exige um tipo diferente de rolamento, seja quanto a disposição das pistas, a utilização dos componentes, tipos de materiais empregados, e as características de sua construção. Para cada tipo de rolamento existem inúmeros modelos e variações disponíveis, alguns de tipos de rolamentos são:

Rolamentos Rígidos de Esferas

Rolamentos de Esferas de Contato Angular

Rolamentos Axiais

Os rolamentos rígidos de esferas são particularmente versáteis. Eles são indicados para velocidades altas e muito altas, suportam cargas radiais e axiais em ambas as direções e exigem pouca manutenção. Como os rolamentos rígidos de esferas são o tipo mais amplamente utilizado, são disponibilizados em vários modelos, variantes e tamanhos.

↑ voltar ao início

Os rolamentos de esferas de contato angular têm pistas do anel interno e externo que são deslocadas uma em relação à outra na direção do eixo do rolamento. Isso significa que esses rolamentos são projetados para acomodar cargas combinadas, ou seja, cargas axiais e radiais atuando simultaneamente.

↑ voltar ao início

Os rolamentos axiais são aquele que suportam cargas exclusivamente axiais. A variedade de construção destes rolamentos atendem a diversas aplicações, podem ser: Axiais de Esferas de Escora Simples, Axiais de Esferas de Escora Dupla, Rolamentos Axiais de Agulhas, Autocompensadores de Rolos

↑ voltar ao início

Rolamentos Autocompensadores

Rolamentos de Rolos Cilíndricos

Rolamentos de Rolos Cônicos

Os rolamentos autocompensadores possuem duas carreiras de esferas ou rolos, com uma pista esférica comum no anel externo e duas pistas no anel interno inclinadas em um ângulo em relação ao eixo do rolamento. O ponto central da esfera na pista do anel externo fica no eixo do rolamento. Os rolamentos autocompensador de rolos são compostos por um anel interno com duas pistas, um anel externo com pista esférica e rolos com a superfície de rolagem esférica. Devido o centro da pista do anel externo coincide com o centro do rolamento, esse tipo de rolamento é projetado para corrigir erros de alinhamento em eixos e alojamentos, ou flexões nos eixos, fazendo com que não ocorram cargas diferentes ou anormais no rolamento. Os rolamentos autocompensadores foram fabricados para permitirem o apoio da carga radial e axial em ambos os sentidos, suporta velocidades extremas.

Algumas características dos rolamentos autocompensador de rolos são:
  • Alta capacidade de carga
  • Acomodar desalinhamento
  • Baixo atrito
  • Vida útil longa

↑ voltar ao início

Os rolamentos de rolos cilíndricos possuem construção simples, seus rolos cilíndricos³ estão em contato linear com a pista, e suportam uma grande capacidade de carga radial. Devido ao reduzido atrito entre os elementos rolantes³ e o rebordo do anel, são indicados para altas rotações. Os rolamentos que não possuem rebordo no anel interno ou no anel externo permitem um movimento relativo entre ambas na direção axial e são utilizados como rolamentos de lado livre, agora os rolamento que são compostos por rebordos nos dois lados de um dos anéis, interno ou externo e um rebordo no outro anel podem suportar uma carga axial de certo grau em apenas um sentido.

Algumas características dos rolamentos de rolos cilíndricos:
  • Acomodação de deslocamento axial
  • Alta capacidade de carga
  • Alta rigidez
  • Baixo atrito
  • Vida útil longa
  • Maior confiabilidade operacional
  • Separáveis e intercambiáveis

↑ voltar ao início

Os rolamentos de rolos cônicos tem pistas de anel interno e externo cônicas. Possuem grande capacidade de carga radial, e permitem o apoio da carga axial em um único sentido. Eles são adequados para suportar cargas combinadas, ou seja, cargas axiais e radiais atuando simultaneamente. As linhas de projeção das pistas convergem em um ponto comum no eixo do rolamento. São conhecidos como rolamentos “capa e cone”, sendo o anel interno (cone) e o anel externo (capa), podendo ser instalados independentemente por serem rolamentos separáveis.

Algumas características dos rolamentos de rolos cônicos:
  • Acomodação de deslocamento axial
  • Alta capacidade de carga
  • Alta rigidez
  • Baixo atrito
  • Vida útil longa
  • Maior confiabilidade operacional
  • Separáveis e intercambiáveis

↑ voltar ao início